Feliz Ano Novo

Escrito em: 31 de Dezembro de 2011 por Gisele de Menezes

Será que as pessoas param em algum momento para refletir sobre qual é o motivo que as leva  a escolherem repetir? Digo repetir no sentido da palavra. Repetir, fazer novamente, outra vez… Sendo que o adjetivo “repetitivo” pode ser substituído por – enfadonho. Talvez se simplesmente houvesse um Tempo para reflexão, pudéssemos compreender que o enfadonho acaba por tornar-nos vulneráveis ao vício, dependência, depressão e todas as outras doenças do desequilíbrio.

E o Tempo para a reflexão, onde o perdemos?

Simples de responder, perdemos quando deixamos que nos digam que dia é hoje de acordo com um calendário irregular. Quem disse que dia 01 de janeiro é o primeiro dia do ano? Você já pensou nisso? E o Planeta, está realmente completando um ciclo no dia 31 de dezembro? E o que significa a palavra dezembro? Me parece que vem da raiz “dez”, mas quer dizer doze ou décimo segundo mês. E o que é um mês?

E a questão mais importante é:

Estas contagens gregorianas estão harmonizadas com algum evento cósmico?

É claro que não. Afinal de contas, contando o Tempo de forma natural, vamos observar que existem 13 Luas completas de aproximadamente 28 dias cada, em um período de 365 dias. Então poderíamos dizer que temos 13 meses de 28 dias, certo? E além de esta contagem ser natural estaria em harmonia com o Sol. Sim, esse seria um bom motivo para uma contagem harmonizada com o Cosmo do qual fazemos parte.

Você sabia que nosso Sol, em torno do qual giramos há milhares de eras, leva 28 dias para girar em torno Dele mesmo? E que em 365 dias Ele gira em torno de Si 13 vezes?

Eu poderia escrever muito mais aqui. Posso parafrasear o Dr. José Arguelles ou usar os inúmeros dados científicos sobre a Lei do Tempo por ele descoberta; para auxiliar as pessoas a mudarem a maneira de contar seus eventos, mas será que elas querem? Será que estariam dispostas a mudar seus velhos e enfadonhos hábitos? As vezes acho que preferem fazer tudo igual e repetir achando ou apostando que a repetição lhes trará alguma renovação. É triste!

A maioria das pessoas movidas por estímulos externos, principalmente pela televisão, apesar de o vazio interno aumentar mais e mais, precisariam de muita força para mudar.

 

Imagine você não estar nem aí para o tal “ano novo”? Não comprar um vestido novo, não abrir uma champagne, não assar um pobre leitão, não se reunir com os amigos, não encher a cara, não assistir a retrospectiva do ano, não dar pulinhos para ter sorte, não tomar remédios para depressão que está tão na moda, não ver o show do Roberto Carlos que de tão velho é “quase” um evento cósmico. Lembro que o advérbio “quase” quer dizer por pouco, pouco menos, perto, proximamente; mas jamais que é; enfim, não ser repetitivo.

Já ia esquecer de perguntar como você se sentiria sem acompanhar a contagem regressiva, ainda que no horário errado? Me parece tão estranho!

É tão forte esse paradigma criado sabe-se lá por quem e com que objetivo. É tão sordidamente programado, que as pessoas dependentes desta contagem irregular podem imaginar que seria terrível se não fosse assim.

Assim como?

Assim como é sempre, mesmo que seja terrível! Todo o ano a mesma coisa, os mesmos desastres, guerras, notícias, tragédias, doenças, roubos, injustiças, fome, desigualdade, dívidas e a mesma promessa:

Esse ano será diferente!

 

Acorde amigo, faça a diferença, conte o Tempo Natural. Saiba mais sobre o seu Tempo Terra e seja dono de seu destino. Participe do Movimento pela Paz e Mudança ao Sincronário das 13 Luas. Entre em contato, solicite curso em sua cidade, material informativo, cadastre-se aqui.

Tags:

Um comentário em: Feliz Ano Novo

  1. Rodolfo Manta: 17:54hs de 5 de Janeiro de 2012

    Achei maravilhoso o seu site gisele, gostaria muito de um dia ter a oportunidade de fazer um curso de massoteripia contigo e troca algumas informações sobre a vida. tenho varias coisas em mente do que gostaria de sobreviver, trabalho na empresa de minha familia com peças para tratores, mas na realidade não é nada disso que quero pra minha vida, sinto uma necessidade muito grande de ajudar as pessoas, e de um tempo pra cá essa ideia da massoterapia vem martelando em minha cabeça, é uma pena que aqui em maceió não tenha proficionais como você que passem esses conhecimentos pra frente, tem umas escolas que dão certificados, mas é dificil achar uma que esteja tendo o curso. quando você vier para o nordeste por favor, me passe um email, quero muito aprender algo contigo… quero muito me iniciar nessa linha da massoterapia, que pelo que venho pesquizando vejo que algo muito amplo… luz paz e amor pra ti querida.

    Responder

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado.Campos obrigatórios estão marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

  • Etiquetas