Prece para o Golfo do México

Escrito em: 5 de Julho de 2010 por Gisele de Menezes

Ver a Mãe Terra sangrando está chocando as pessoas. Penso que o que está acontecendo no Golfo, apesar de triste para quem vê, é bom para clarear nossa visão e impulsionar nossa evolução. Todo aquele petróleo que parece afogar a vida marinha matando-a aos poucos, é um líquido vital para o Planeta, tem seu lugar vital no corpo da Mãe Terra. Apenas a forma como está sendo usado, ou seja, com a intervenção do homem, é que transformou o líquido em veneno. Nós estamos há muito tempo extraindo esta forma de energia e poluindo todo o meio ambiente. Este já era um problema grande, apenas não estávamos enxergando. Agora, com o líquido derramando aos nossos olhos, estamos vendo o quão sugadores somos.

Aproveito este post para indicar mais uma vez o filme La Belle Verte. Você pode vê-lo neste blog clicando aqui. Talvez ajude no processo evolutivo. Convido-o com Amor e respeito a se dar alguns instantes à possibilidade de evoluir. O filme é muito bom.

Abaixo divulgo uma oração que recebi por e-mail e achei que é uma boa forma de vibrar no Amor.

Ho’oponopono, Dr.Masaru Emoto – Prece para o Golfo

Dr. Masaru Emoto é o cientista do Japão que fez toda a pesquisa e publicações sobre as características da água. Entre outras coisas, sua pesquisa revelou que a água fisicamente responde às emoções. Muitas pessoas tem predominantemente emoções de raiva quando consideramos o que está acontecendo no Golfo. Embora essa emoção seja justificada, podemos ser de maior ajuda ao nosso Planeta e às suas formas de vida se, sinceramente, poderosamente, humildemente, fizermos a prece que o próprio Dr. Emoto propôs.

A PRECE

Eu mando a energia de amor e gratidão às águas e a todas as criaturas viventes no Golfo do México e suas redondezas. Às baleias, golfinhos, pelicanos, peixes, mariscos, planctons, corais, algas… humanos… a TODAS as criaturas viventes…

Me perdoe.

Sinto muito.

Obrigado.

Te amo.

Tags:

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado.Campos obrigatórios estão marcados com *

  • Etiquetas