Vazamento no Golfo e o Mundo Vê a Copa

Escrito em: 24 de Junho de 2010 por Gisele de Menezes

Tudo se repete, fazemos questão de repetir, periodicamente caimos na burrice e alienação, mas agora…

O que fazer para estancar? Como fazer para limpar? Estou envergonhada de ter precisado e de ainda usar produtos e subprodutos do petróleo. Petróleo é o nome que demos ao sangue da Mãe Terra. Damos nome a tudo, tomamos posse e usamos o que nem sequer sabemos ser. O resultado de nossa ganância por mais e mais, agora grita aos nossos olhos jorrando sem parar como uma incontrolável emorragia. Quanto tempo a Natureza levará para renascer?  Pergunto, pois estamos morrendo.

O que fizemos? Onde chegamos? Somos uma sociedade que renegou a abundância divinamente oferecida sobre a Terra. Fomos cavar no escuro, violamos as profundezas para criar morte e um brilho plástico na superfície que nos encanta mais que o brilho do Sol. Ignoramos o brilho das estrelas, do orvalho nas flores e folhas refletindo a Luz do Sol. Ignoramos o brilho da Água translúcida do mar que agora, escurece a cada dia.  Somos renegados e nosso Carma se agranda.

Teremos que evoluir agora. Esta talvez seja a oportunidade para abaixarmos a cabeça, ver que erramos e, sem culpa, mas com responsabilidade, unidos, fazermos algo para reparar nosso erro. Da minha parte, posso orar, pedir aos céus que nos iluminem. Posso também não usar mais nada que venha do petróleo. Refletindo um pouco, nem esse teclado posso usar mais. Meu Deus, onde chegamos?

Se não fosse pelo empenho de alguns homens, nem saberíamos o tamanho da mancha preta que se alarga a cada instante.

Abaixo trago um vídeo que elucida o tamanho de nosso problema. Nele, o cientista e biólogo, visivelmente chocado, solicita que o governo como co-responsável, libere à população a informação exata. Imaginem que a BP, a empresa que extrai e lucra com o produto, está proibindo a área a “curiosos” que querem divulgar o desastre. A empresa não sabe como parar a “brincadeira” que deu errado e ainda quer abafar o problema sem precedentes na história da humanidade e no diário da Mãe Terra. O que é prioridade neste momento? Será que ainda vamos ver mais estupidez? Este é o maior crime de todos os tempos. Quais são os valores que nos guiarão enquanto humanidade?

O Planeta e toda a vida no Planeta pedem ajuda. Céus, ajudem-nos a não machucar mais a vida! Todos os reinos, ajudem-nos! Como teremos Paz se machucamos a Mãe Terra e matamos seus filhos?

Tags:

5 comentários em: Vazamento no Golfo e o Mundo Vê a Copa

  1. Rafael: 14:30hs de 25 de Junho de 2010

    Tinha que ser assim! Não poderia vir um meteoro, ou acontecer um grande terremoto ou qualquer evento desse tipo para acabar com toda essa parafernália assassina que construímos. A humanidade, em seu egoísmo, certamente iria culpar Deus. Só que a responsabilidade pelas nossas escolhas é somente nossa, de mais ninguém.
    Para quem não sabe, o buraco (poço de petróleo) que vai esvaziando, naturalmente será preenchido com água do mar. Dentro do poço, a temperatura gira ao redor dos 200 graus C°. A água lá dentro vai evaporar rapidamente, formando uma grande bolha de ar, que explodirá e levantará o leito do oceano. Está aí nossa tsunami, nosso 2012.

    Responder
  2. Aline Viezzer: 14:16hs de 28 de Junho de 2010

    🙁 è realmente triste de ver, podemos apenas pedir desculpas a todos os seres de luz, para que possamos evoluir com essa tragédia… que planeta minha filha vai receber? é assustador!

    Responder
  3. Gisele de Menezes: 16:21hs de 6 de Julho de 2010

    Prezada Gisele, o comentário é ótimo. Foi falado em:”ignoramos
    isso, ignoramos aquilo várias vezes. Isso corrobora o que disse o
    espirito Miramez, através de João Nunes Maia – “O problema do homem
    sempre é criado pela sua própria ignorância”. Quando entro na mania
    de filosofar, fico pensando como a Consciência Cósmica(Deus) vê o
    estado atual do homem. Será que essa Consciência que tudo pode, e,
    vendo que a ignorância do homem está causando problemas em todo o
    sistema, não teria já coibido essa aberrações aparentes de
    anti-biologia que vemos em todos os recantos de nosso Globo? Será que
    isso não seria exatamente o que deve ocorrer para que se cresça, para
    que se mude, para que se amadureça, para que nos elevemos para
    dimensões maiores?
    Quem consegue apreciar um luar, um pôr ou nascer do Sol, uma
    flor desabrochada, um pássaro colorido a cantar, uma música suave,
    um carinho amigo, um afago num semelhante, um abraço carinhoso de um
    amigo, retribuir um sorriso, admirar um sorriso de uma criança, lógico
    que se encontra do lado do “Trigo”, nada a temer e, que os contrários
    a isso, do lado do “Joio”, tudo a temer.
    A criação de uma egrégora de pensamentos bons, construtivos,
    irão de fato corroborar que aconteça algo de bom nesses momentos de
    transmutação, é a passagem do predomínio da 3ª dimensão(poder e ter)
    para a 4ª dimensão onde o chakra cardíaco irá predominar(amorosidade,
    compartilhamento).
    Toda hemorragia humana é ligada a perda de alegria, notemos
    que na Terra não seria diferente, pois tem os mesmos constituintes
    nossos e sofre conosco.
    Lembro de Jesus quando disse:”Tudo é para vosso eterno bem”,
    então acreditemos nisso e avante na bondade!

    Até a próxima!

    Muita paz!!!

    Responder
  4. Gisele de Menezes: 16:26hs de 6 de Julho de 2010

    Agradeço muito sua luminosa presença aqui neste blog!
    Grata por seu comentário Dr. Rembowski.
    AUM!

    Responder
  5. eliane: 9:57hs de 2 de Outubro de 2010

    😛 prezada gisele sou esteticista trabalho atualmente em portugal na area . pois aqui na europa e indispesavel a s massagens , pois eu gostaria que me mandasse por favor alguns machetes de como fazer uma massagem idiana ,, vir o seu trabalho e me interresei muito , pois se morasse ai no brasil gostaria de fazewr visita ,, nos mais para o momento ,

    eliane araujo abracos …

    Responder

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado.Campos obrigatórios estão marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

  • Etiquetas