Rio + 20 poderia ser Rio + 13:20

Escrito em: 22 de Junho de 2012 por Gisele de Menezes

A contagem Natural do Tempo, para quem não se lembra, é um ciclo solar com 13 Luas perfeitas de 28 dias + 1 dia-fora-do-tempo, sendo esse, o dia 25 de julho. Assim, no dia 26 de julho, que a Estrela Sírius nasce em máxima ascensão ao nosso Sol, podemos comemorar o primeiro dia do novo ciclo solar e estaremos alinhados ao Cosmos e a Mente Natural. Assim, nenhum maluco vai inventar calendário, sumir com a 13º Lua e nos viciar com mentiras. A introdução acima está baseada nos estudos e vivências do Dr. José Arguelles e sua descoberta da Lei do Tempo – uma frequencia Natural de medição, que estabelece que Tempo é Arte. O Tempo é a quarta dimensão e tem que ser compreendido pela mente, para que esta se harmonize e se estabeleça em seu potencial criador, na quinta dimensão. Frequencia 13:20 Pode parecer um pouco complicado, mas o que é mais complicado e caótico do que o momento em que nos encontramos? Que outro momento na história da civilização foi tão devastador? Que outra civilização conseguiu colocar em risco a vida de toda a Esfera Provedora – Terra? Se nossa mente não estivesse tão desregulada pela maneira … Ver mais…

Participe do Blog: Deixe um comentário

Tags:

Trânsito de Vênus – Quetzalcóatl e a Profecia 2012

Escrito em: 18 de Maio de 2012 por Gisele de Menezes

Qual é o significado do trânsito de Vênus e como ele está relacionado com o profeta Maia Quetzalcóatl? Na dia 8 da Lua Cristal, Kin 9 (dia 5 de junho 2012), o Planeta Vênus se moverá cruzando o Sol. O trânsito de Vênus acontece em duas etapas geralmente com 8 anos de diferença. A primeira etapa deste trânsito atual foi no dia 10 da lua cristal, kin 211, dia 8 de junho de 2004. Esse evento ocorre somente quatro vezes a cada 234 anos e este ano acontecerá a 71 dias do 25º aniversário da Convergência Harmônica. A Convergência Harmônica de 1987 marcou o encerramento da profecia dos 13 céus e 9 infernos profetizada por Quetzalcóatl assim como o inicio do caminho de 26 anos até 2013. Quetzalcóatl, é o arquétipo da renovação espiritual e cultural que prometeu retornar ao final do período histórico (2012-2013). Este arquétipo está associado com o planeta Vênus. O retorno de Quetzalcóatl significa o retorno da nossa totalidade multidimensional e da nossa re-conexão com as Estrelas. Quetzalcóatl viveu por 52 anos (947 – 999 dC) durante o décimo primeiro Baktun. O Trânsito de Vênus se produz precisamente 16 dias depois do eclipse solar (20 de maio de 2012). … Ver mais…

Participe do Blog: 2 Comentários

Tags:

“O Mundo Não Vai Acabar, Ele Será Transformado”

Escrito em: 16 de Março de 2012 por Gisele de Menezes

Assunto: Sacerdote Maia diz: “Estão fazendo interpretações equivocadas sobre 2012” Carlos Barrios, ancião Maia e Ajq’ij (um padre cerimonial e guia espiritual) do clã da Águia. Carlos iniciou uma investigação nos diferentes calendários circulando por aí. Carlos junto com seu irmão Gerardo estudou com muitos professores e entrevistaram cerca de 600 anciões Maia para ampliar sua área de conhecimento. Carlos descobriu rapidamente que existem várias interpretações conflitantes dos hieróglifos maias, petróglifos, dos livros sagrados de ‘Chilam Balam’ e de vários textos antigos. Carlos disse palavras fortes para aqueles que podem ter contribuído para a confusão: Carlos Barrios: “Antropologistas visitam os locais do templo e leem as inscrições e inventam histórias sobre os Maias, mas eles não leem os símbolos corretamente. É apenas sua imaginação. Outras pessoas escrevem sobre a profecia em nome dos Maias. Eles dizem que o mundo vai acabar em dezembro de 2012. Os anciões maias estão bravos com isto. O mundo não vai acabar. Ele será transformado.” “Nós não estamos mais no Mundo do Quarto Sol, mas ainda não estamos no Mundo do Quinto Sol. Este é o Tempo no meio, o Tempo da transição. Enquanto atravessamos a transição há uma colossal  convergência global de destruição ambiental, … Ver mais…

Participe do Blog: 1 Comentário

Tags:

Carnaval – Incitação ao Sexo

Escrito em: 12 de Fevereiro de 2012 por Gisele de Menezes

São os resquícios das eras escuras… …Triste! Estávamos decididos a manter silêncio. Não escutamos nada por aqui onde vivemos. As vezes sinto que já vivemos em um mundo melhor. Hoje, “terça-feira de carnaval”, estamos trabalhando e fazendo Arte normalmente. Fizemos nossa meditação, nossas contemplações, estamos em Paz! Entretanto, temos internet e o facebook, isso bem usado é bom. Lá estava e reflexão que colo abaixo e sinceramente oro para que muitas e muitas pessoas sejam tocadas pela sutileza e profundidade desse manifesto. Penso que ela tem o poder dos “séculos dos séculos“. Por Alfredo Nora, grande equivoco a campanha “use camisinha” tinha umas pessoas distribuindo camisinha na praia com o slogam na camiseta: neste carnaval use camisinha e se eu não quero fazer sexo nesse carnaval, pode? e se eu nem estou pensando nisso e todo o tempo eles me lembram? e se eu sou um adolescente que começa a se sentir fracassado porque não vai “comer ninguem” nesse carnaval? e se eu sou uma menina de 17, 18 anos que nem estava pensando nisso e começo a me questionar se eu deveria aproveitar a oportunidade do carnaval pra fazer sexo, já que pelo visto todos fazem, menos eu? e se … Ver mais…

Participe do Blog: Deixe um comentário

Tags:

Bandeira da Paz – Ano Novo Maia – dia-fora-do-tempo

Escrito em: 11 de Fevereiro de 2012 por Gisele de Menezes

    Passado, Presente e Futuro, guardados pelo círculo da Eternidade. Religião, Arte e Ciência, protegidos pelo círculo da Cultura. Estar no Oriente e a cada dia interagir com a cultura local, me faz pensar sobre: Onde é o Oriente? Se o povo do Norte do Oriente como os mongois ou ladaks são tão iguais ao povo do Ocidente como os índios americanos ou os bolivianos, então onde aconteceu a separação? Nossa idéia de separação é mais desastrosa do que podemos imaginar. No Oriente, ao conviver com muçulmanos, hindus, budistas e ladaks, ao escutar seus cânticos e sentir Amor em todas as crenças, sempre lembrava da Bandeira da Paz. Ficava extasiada ao escutar o canto que saia das mesquitas muçulmanas em vários horários do dia e noite.  O som dos gonpas tibetanos é igualmente divino e se parece muito com o som dos xamãs da Sibéria. Enfim, todos cantam a “boa nova”, todos acreditam em dias melhores, todos sofrem com este final de ciclo tão escuro e cheio de medos. Poderíamos estar unidos! Poderia a Bandeira da Paz cumprir sua função de proteger todas as Artes, Religiões e Culturas! Mas uma bandeira pode apenas lembrar os homens. E por que os … Ver mais…

Participe do Blog: 6 Comentários

Tags:

  1. Páginas:
  2. 1
  3. 2
  4. 3
  5. 4
  6. 5
  7. 6
  8. 7
  9. 8
  10. 9
  11. ...
  12. 23
  • Etiquetas