Ritual de Lua Cheia

Escrito em: 7 de Fevereiro de 2012 por Gisele de Menezes

Receber a Lua Cheia com Presença e Gratidão, pode abrir o caminho individual até nosso mais profundo Ser. Reconhecer a Lua como nossa Consciência, é deixar que desperte nossa idéia de responsabilidade aqui em nossa Mãe Terra. Dia de Lua Cheia é dia de reservar alguns instantes para a conexão com a Magia da vida. É dia de receber a energia perolada que escorre da Lua, entra em nós pelo alto de nossas cabeças, passa por nossos corações, floresce em nosso ventre e nos conecta com a Terra escorrendo por nossas pernas e pés descalços. Podemos fazer nosso ritual sagrado e saber que ao redor de nosso Planeta, outras mulheres também estão fazendo a sua cura. Mulheres curadas preparam-se para serem curadoras. Coloque um manto no sagrado chão, como quem cobre os ombros da amada Mãe Terra. Coloque outro sobre seus ombros e cabeça, sinta-se igual e contemple a Lua com reverência. Convide o Espírito do Fogo para se achegar, acenda uma vela ou uma pequena fogueira em um alguidar. Convide o Espírito da Água da vida para estar neste ritual. Encha com Água limpa um copo ou pote de vidro transparente e deixe em seu sagrado espaço. Convide o … Ver mais…

Participe do Blog: 9 Comentários

Tags:

Nicholas Roerich, José Arguelles, Bandeira da Paz e Tempo Natural

Escrito em: 23 de Janeiro de 2012 por Gisele de Menezes

Estamos em União pela Paz, pela Harmonia da mente e do Tempo Natural. Nicholas Roerich viveu pela Arte, pela Cultura e pela Paz! José Arguelles viveu pela Arte, pela Cultura, pela Paz, pelo retorno da Luz e pela Ponte Arco-Íris. Percebemos o espaço, o mundo ao nosso redor, através de nossos sentidos. O que vemos, ouvimos, provamos, sentimos e tocamos, define o espaço. O espaço é algo limitado aos nossos sentidos. Hoje temos tecnologia e sempre tivemos imaginação para ir mais além, mas temos que retornar de qualquer ponto para, através de nossos sentidos, compreendermos o espaço. Ninguém poderá dizer a você que o outro lado da rua está a mil passos, certo? E o Tempo? Quem percebe o Tempo? O Tempo é percebido pela mente. Se nosso instrumento de contagem do Tempo, que é o calendário gregoriano, é irregular, sem harmonia, sem lógica e sem fundamento científico, nossa mente corre um sério risco de ficar confusa, fraca e medrosa. Toda manifestação material advém primeiramente de uma criação da mente, certo? Então deve ser por isso que nosso mundo hoje é rodeado pelo caos social e ambiental. Como poderemos mudar esta situação? Com mais produção? Mais carros? Mais dinheiro? Mais … Ver mais…

Participe do Blog: Deixe um comentário

Tags:

Sou Mais Planeta

Escrito em: 7 de Janeiro de 2012 por Gisele de Menezes

Estamos prontos, todo o processo de ascensão está completo! Desde que me lembro temos recebido mensagens de mestres, grupos, ativistas, meditadores, irmandades, fraternidades, sonhos, visões, enfim, todos falam que viveremos uma Era de Ouro, de Luz. Esta Era é Agora. Que bom! E o que fazemos de concreto para que isso aconteça? Bem, de concreto mais nada, chega de tantos arranha céus. Por outro lado, podemos todos usar nossa telepatia já estabelecida e construir uma Ponte Arco Íris de Luz e Amor e envolver o Planeta do Polo Norte ao Polo Sul e do Polo Sul ao Polo Norte. Fácil assim. E é claro, enquanto você vai pulsando esse Campo de Amor, Gratidão, Compaixão e Harmonia, pode ir fazendo sua parte individual. Pode separar seus resíduos para que não contaminem a Água, cuidar para que suas atitudes não machuquem os animais, as crianças e todos os seres vivos, pode cuidar para consumir menos, comer menos, reclamar menos, desejar menos, esperar menos, sofrer menos; pode também compartilhar mais, caminhar mais, sorrir mais, amar mais, pintar mais, simplificar mais e, com estas pequenas e fáceis ações, certamente receberá desse campo de Amor que estará sendo sustentado pelo poder individual de cada um de … Ver mais…

Participe do Blog: 1 Comentário

Tags:

Feliz Ano Novo

Escrito em: 31 de Dezembro de 2011 por Gisele de Menezes

Será que as pessoas param em algum momento para refletir sobre qual é o motivo que as leva  a escolherem repetir? Digo repetir no sentido da palavra. Repetir, fazer novamente, outra vez… Sendo que o adjetivo “repetitivo” pode ser substituído por – enfadonho. Talvez se simplesmente houvesse um Tempo para reflexão, pudéssemos compreender que o enfadonho acaba por tornar-nos vulneráveis ao vício, dependência, depressão e todas as outras doenças do desequilíbrio. E o Tempo para a reflexão, onde o perdemos? Simples de responder, perdemos quando deixamos que nos digam que dia é hoje de acordo com um calendário irregular. Quem disse que dia 01 de janeiro é o primeiro dia do ano? Você já pensou nisso? E o Planeta, está realmente completando um ciclo no dia 31 de dezembro? E o que significa a palavra dezembro? Me parece que vem da raiz “dez”, mas quer dizer doze ou décimo segundo mês. E o que é um mês? E a questão mais importante é: Estas contagens gregorianas estão harmonizadas com algum evento cósmico? É claro que não. Afinal de contas, contando o Tempo de forma natural, vamos observar que existem 13 Luas completas de aproximadamente 28 dias cada, em um período … Ver mais…

Participe do Blog: 1 Comentário

Tags:

Feliz Natal

Escrito em: 19 de Dezembro de 2011 por Gisele de Menezes

Nesta época auspiciosa em que celebramos o nascimento do amado Senhor Jesus, que os corações possam estar em Paz! Na vida de Jesus, a infinitude e a sublimidade da Consciência Divina que sustenta o universo, estavam plenamente manifestadas, entretanto, o que talvez nos seja particularmente tocante é o modo como Ele viveu e esteve entre as pessoas de seu Tempo. Humildade e Compaixão por todas as Almas! Certamente Ele considerava todos como filhos de Deus e lhes tinha a empatia e a compreensão de alguém que compartilhou as experiências humanas e conhecia as batalhas pelas quais temos que passar aqui nesta amada Mãe Terra. Ao enviar à Terra suas almas, Deus confia que em algum momento da evolução seguiremos o exemplo da Realização do Cristo, vivendo os preceitos universais que iluminam o coração de maneira que também nós possamos reconhecer em nossas almas, e expressar em ações, a Consciência Divina plena de Amor. Essa é a Realização última. Em ocasiões espiritualmente auspiciosas, abre-se o chamado para o despertar de nossas almas. Eis a oportunidade para o novo nascimento do poder latente do Amor Universal de Deus. Eis a sacralidade do momento – a oportunidade de transformação. Uma oração em união com a família espiritual tem o poder de transformar nossa própria vida e … Ver mais…

Participe do Blog: 1 Comentário

Tags:

  1. Páginas:
  2. 1
  3. 2
  4. 3
  5. 4
  6. 5
  7. 6
  8. 7
  9. 8
  10. 9
  11. 10
  12. ...
  13. 23
  • Etiquetas