Arquivos da Tag: Corpo

Massagem Indiana em Florianópolis

Escrito em: 3 de Fevereiro de 2010 por Gisele de Menezes

Namastê Amigos, Abaixo estão algumas fotos e as manifestações do curso de 30 horas em Florianópolis, dezembro 2009/janeiro 2010. Oi Gi, OM NAMAH SHIVAYA! Estou num estado de felicidade, como se algo dentro de mim estivesse querendo renascer entende, algo que foi apagado por um tempo e estivesse tendo vida novamente, isso me traz alegria na maior parte do tempo, e em alguns momentos, ainda tenho vontade de chorar e com medo que faz o corpo doer isso é confuso. Acordei hoje com pensamentos mais harmônicos que a muito eu não tinha, minha respiração, consigo senti-la, ainda curta, mas com desejo de liberá-la. Ainda não sei como fazer, mas já existe a intenção. As pessoas hoje no meu trabalho me sentiram mais feliz como se estivesse irradiando isso para todos a minha volta, é que cheguei sorrindo no trabalho.Sabe quando de repente alguém intui você a mergulhar para dentro? Estou neste estado e precisava te dizer isso, é tão bom! Gostaria de sentir esta felicidade pra sempre, tenho medo de acabar, de gastar. Sabe? Você imagina o que faz na vida das pessoas? Sabe quando alguém está perdido ou longe da luz e você mostra o caminho? Acende uma luz? É isso, eu estou em um momento muito … Ver mais…

La Belle Verte

Escrito em: 28 de Julho de 2009 por Gisele de Menezes

Com Alegria coloco aqui no blog para todos os visitantes, o filme que pode despertar os dorminhocos, plugar os alienados e confortar os acordados! Em um tempo certo, a visão de seres evoluídos sobre o momento da humanidade, será sempre atual enquanto continuarmos nos matando. Até que possamos sobreviver no Planeta que subjugamos, ou até que acordados consigamos unidos dar um basta ao caos em que vivemos, muitos chamados estão sendo feitos. O chamado da própria Mãe Terra, ao mostrar-nos repetidamente que não passa bem e que nossas atitudes travessas já não podem continuar sem o severo castigo que já vislumbramos, é o canto derradeiro da morte tão necessária ao renascimento. É certo que renasceremos de qualquer forma por um Tempo de Harmonia! Logo depois da evolução, só nos resta involuir. Que cada ser humano possa fazer sua escolha e direcionar seu movimento para não perder o giro do movimento cósmico que envolve todos os corpos celestes. Após tantas comprovações científicas sobre questões basicamente naturais, penso que aos inteligentes não restam mais dúvidas. Certamente já fizeram suas escolhas. O filme abaixo lhe exigirá muito pouco tempo para o ganho que acrescentará. Se sentir um frio na barriga, indique aos Amigos … Ver mais…

Arcanos Maiores do Tarot Egípcio e Posturas Mágicas

Escrito em: 8 de Novembro de 2008 por Gisele de Menezes

Cada um dos 22 Arcanos maiores tem uma postura corporal específica que ao ser executada, auxilia na clareza dos processos da vida, abre o coração e ilumina a mente. Estas posturas podem ser conhecidas e vivenciadas no Ritual Mágico de Ásanas do Tarot Egípcio. Dos estudos que tenho feito com o Tarot egípcio desde 2003, das vivências e da iniciação que recebi da Escola Esotérica, trago esses conhecimentos para partilhar com todos os interessados pelo tema. Os egípcios deixaram uma sabedoria simples, orientada pelo grande deus Ra, o Sol e uma série de outras divindades todas relacionadas a aspectos sagrados da Natureza. Vida, morte e renascimento norteavam as ações deste povo que segundo dados arqueológicos, pode ter existido por um período superior a 30 mil anos. Sua sabedoria, representada pelo deus Thoth e retratada nas lâminas do Tarot, ia além da vida terrena. Suas construções, como templos e pirâmides, estão até os dias de hoje imponentes em um espetáculo de simetria perfeita. A estrela Sírius, era em sua ascendência máxima em relação ao nosso Sol, um marco para a contagem do tempo. Talvez neste conhecimento cósmico “durma” a origem da notável sabedoria desta ancestral civilização. Os arcanos em nossa caminhada … Ver mais…

Maria ou João, na Cidade Grande

Escrito em: 18 de Janeiro de 2008 por Gisele de Menezes

Andava Maria pelas ruas da cidade. Queria chegar em um local distante 2 km de sua casa. A grande maioria dos carros que passavam, e eram muitos os carros, usavam seus aparelhos de ar “condicionado”. Provavelmente, pelo que podia observar Maria através dos vidros fechados, dentro dos carros os tripulantes ouviam música ou noticiário, falavam em seus celulares e mais.

  • Etiquetas