Trabalhando com os Espíritos Ancestrais

Escrito em: 1 de Outubro de 2008 por Gisele de Menezes

Sempre que recebo pessoas para um trabalho; individual ou de grupo, uma coisa curiosa acontece. Seja na chegada, no meio ou no final, de alguma forma, elas dão o depoimento de que se sentiram muito bem, ou que foi muito forte, ou ainda, dizem que ao chegarem, já sentem que existe ali um espaço onde a energia está circulando.

Por força desse momento, as pessoas abrem seus corações e o que vieram buscar, acontece.

Essa impressão, sensação, esse momento, costumo dizer que é por causa do “centramento” de energia que faço no local do trabalho, criando assim um ambiente propício para a cura. Também costumo fazer minhas práticas meditativas nesse centro.

O local onde buscamos a espiritualidade, deve ser o mais limpo, leve e preservado possível. Deve ter uma boa iluminação, uma boa circulação de Ar, pode ser bem silencioso e de preferência próximo ou junto a Natureza.

Passo aqui, para que seja aproveitado por qualquer pessoa bem intencionada, para que seja possível a qualquer um experimentar a força benéfica dos Espíritos da Natureza, a conexão com os Espíritos ancestrais, os cinco grandes elementos (Pancha Maha Bhutas).

Ao Norte, temos os anciãos, antepassados, sabedoria e ação responsável. O futuro criado no presente e orientado pelo passado. Represento com o elemento Ar usando incenso de ervas naturais. A fumacinha nos faz ver que tudo vai para cima em espiral e entra no fluxo do universo, trazendo o que criamos e levando o que liberamos.

Ao Sul, o passado, o processo de purificação de emoções através da Água que tudo leva e a tudo se adapta sem limites. Represento com um pote de vidro transparente com Água limpa, que após o trabalho, deve ser devolvida a Terra para que o que ali foi liberado e absorvido seja transmutado pelo infinito Amor da Mãe Terra.

Ao Leste a iluminação, o nascimento, a criação, a cura e purificação através do Fogo. Represento com a chama de uma vela ou uma lamparina de manteiga. Ali estão os guardiões dos portais do sempre.

E no Oeste, a Terra, o manifesto, a criança que experimenta a possibilidade de estar “aqui e agora”. Podemos representar com uma pedra, cristal, punhado de Terra, ou vaso com um vegetal.

No meio deste centramento, teremos o que chamo de um lugar de conexão com o poder. O elemento Éter, onde tudo é possibilidade e nada.

Este centramento possibilita que nossos corpos se harmonizem com a mesma freqüência vibracional do planeta, que em hertz, está aumentando.

Desejo que você ao fazer sinta que tudo está em você e você está em tudo!

AUM!

Saiba mais:

Curso de Massagem – Método Gisele de Menezes

É um curso com 52 horas de prática e teoria incluindo 4 horas de Meditação (Anapana). A carga horária é dividida de forma harmoniosa em formato curso on-line com toda a parte teórica em video aulas e a parte prática em retiro intensivo de 4 dias com Gisele de Menezes e equipe. Ver mais…

Tags:

2 comentários em: Trabalhando com os Espíritos Ancestrais

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado.Campos obrigatórios estão marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

  • Etiquetas