Espiritualidade e Sustentabilidade

Escrito em: 21 de Agosto de 2008 por Gisele de Menezes

Refletindo sobre este tema – Espiritualidade e Sustentabilidade – tentando assumir a visão da Águia que olha de cima e por isto é considerada pelo conhecimento ancestral a visão do espírito, pensei na minha parte.

Em relação a sustentabilidade almejada, me perguntei:

– O que quer o Espírito que me habita?

Se o Espírito é eterno e parte do Todo, então é a minha parte para o Todo e não para mim que o Espírito quer e, certamente fará isso, se não for subjugado pelo ego – idéia individual.

Pensei então que não estou fazendo a minha parte. Isto concluí porque facilmente confundo minhas necessidades com desejos do ego. Me deixo levar por estímulos sensoriais e sigo criando sofrimentos desnecessários. Penso que o ego deve ser olhado de frente, respeitado e muito bem cuidado, pois tem grande poder nesta dimensão. Temos que conhecer profundamente os nossos desejos para então podermos agir com sabedoria, no objetivo de cooperarmos com o coletivo, ou o Todo, no qual estamos inseridos e do qual fazemos parte.

Precisamos ter a clareza de que a nossa atitude é para o coletivo, que pode gerar bons frutos. Esta é uma atitude muito individual, mas é para o Todo. Acho necessário que se conheça o fundamento Espiritual de tudo, uma vez que “tudo” toma forma e interage com o Todo. Podemos fazer um bom exercício para desenvolvermos a capacidade de termos boas atitudes para com o coletivo, sem esperar nada em troca. Assim relaxaremos na ação correta.

Por exemplo, procurarmos aprender o Amor, amando o que não tem personalidade como pequenas crianças, pássaros, lagos, árvores, ratos, cachorros, nuvens, mariposas, pedras e uma série de outras manifestações da Natureza Divina.

Nada disso tem personalidade e com relação a isso, não podemos ter expectativas. Tudo o que fizermos por seres sem personalidade, todo o bem que pudermos fazer ou todo o mal que pudermos evitar, alavancará a melhor qualidade em nós – a Compaixão. Penso que este é o primeiro passo para a sustentabilidade do Espírito.

Que a Paz seja com Todos!

Saiba mais:

Tags:

Um comentário em: Espiritualidade e Sustentabilidade

  1. Sidemberg Rodrigues: 19:41hs de 22 de Julho de 2009

    Boa reflexão, num tempo em que os desejos do ego parecem acima de qualquer idéia que possa privilegiar o coletivo.

    Responder

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado.Campos obrigatórios estão marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

  • Etiquetas