Gisele de Menezes

Somos Guardiões do Simples e Saudável – Exigimos Respeito!

Escrito em: 23 de Janeiro de 2016 por Gisele de Menezes

Trabalho desde 1999, com uma massagem que tem sua origem na Índia. A partir do que recebi da Yoga Massagem da mestra indiana Kusum Modak, desenvolvi minha maneira de trabalhar e posteriormente ensinar, e ainda em 2005 dei o nome para meu trabalho de – Massagem Indiana por Gisele de Menezes – Já me manifestei sobre essa técnica em um post que pode ser lido neste link e também na primeira página da apostila que entrego somente às pessoas que fazem o curso comigo. As pessoas do ocidente que recebem de mim a massagem e quem agora pode ler este post, tem como referência última para acessarem a integridade da massagem ou do post, esta pessoa que escreve.   Eu sou a garantia do que faço e do que escrevo, portanto estejam atentos!   Há poucos dias fui procurada através de e-mail e posterior ligação telefônica, pela gerente de eventos e planejamentos de uma empresa muito famosa de produtos cosméticos. Vou aqui relatar o que aconteceu e os acordados que observem o que vai acontecer. Ainda antes de me comunicar através deste post, avisei meus alunos através de um grupo que mantemos secreto em um aplicativo, sobre este momento. Os … Ver mais…

Participe do Blog: Deixe um comentário

Tags:

gato_voador_2

Quem está Feliz?

Escrito em: 5 de Dezembro de 2015 por Gisele de Menezes

A pergunta – quem está feliz? – é uma chave para a compreensão do Ser. Se buscamos felicidade é importante que saibamos que estamos nos afastando do Agora. Buscar é um esforço motivado por uma idéia de que algo deve ser atingido, conquistado, adquirido. O que estamos buscando provavelmente está fora do Agora. Ainda que sintamos imensa insatisfação, é importante saber quem está insatisfeito! Ao olhar para as sensações, emoções e pensamentos que estão guiando nossas vidas, novamente, caso estejamos felizes e não insatisfeitos, podemos sondar a pergunta – quem está feliz ou estaria feliz se…? Se fazemos a “pergunta chave”, estamos chamando a atenção ao Agora. Já é sabido que a única posse real que temos está no Agora. A felicidade está condicionada a algo, sim está, pois existe a infelicidade. Geralmente está condicionada a uma posse, à permanência de alguém, a uma conquista ou a algo que necessita esforço para que se mantenha e na realidade não está sob nenhum tipo de controle, porque é irreal e por sua vez – impermanente. Se o objeto da felicidade é passageiro, irreal, condicionado a algo, então a felicidade não é algo que deva ser buscado. Não devemos gastar energia com … Ver mais…

Participe do Blog: Deixe um comentário

Tags:

O_Alquimista_-_Marcel_Lorange[1]

O Segredo da Longevidade

Escrito em: 15 de Junho de 2015 por Gisele de Menezes

Como ser longevo? Como prevenir doenças? Como limpar o fígado? Qual o melhor “detox”? O que comer? Que produto comprar? Que caminho seguir? Que curso fazer? São tantas dúvidas geradas por tanta informação imprecisa, que a maior crise que as pessoas estão enfrentando hoje é sem dúvida a crise da ansiedade. Vamos entender um pouco mais os males da ansiedade com o auxilio do Ayurveda, para ter alguma chance de recuperar o poder pessoal ainda nesta vida? Na visão do Ayurveda, a ansiedade é uma crise atribuída ao desequilíbrio do Dosha Vata (Dosha é uma força primordial e substancial sutil na origem das funções fisiológicas e psicológicas. Os Doshas formam o corpo e são, ao mesmo tempo, os fatores causais no processo da doença. O Dosha Vata é constituído pelos elementos Ar + Éter). A presença destes elementos (Ár e Éter), em qualquer e todos os seres vivos, não caracteriza ansiedade, mas o excesso destes elementos, trazendo desequilíbrio à presença dos outros elementos (Fogo, Água e Terra), causará sim a ansiedade e muitas outras doenças atribuídas ao excesso deste Dosha (Vata = Ar + Éter). Por que o excesso de Ar e Éter causam ansiedade? Pelas características ou atributos destes … Ver mais…

Participe do Blog: Deixe um comentário

Tags:

Entardecer

Resultado Verdadeiro

Escrito em: 23 de Fevereiro de 2015 por Gisele de Menezes

Temos caminhado em União! Nossa caminhada nos mostra à que estamos Unidos. Quando colhemos os frutos e eles são doces, leves e perfumados, sabemos que estamos fazendo o melhor que podemos. A disciplina diária, a observação dos sinais, as mudanças necessárias, os sacrifícios essenciais, são os faróis que orientam nossas escolhas. Tudo está claro! Se olhamos e não gostamos do que vemos, ainda assim em meio aos piores resultados, ali está à Luz, o fruto de nossas escolhas; ao enxergarmos e não cairmos no conforto da culpa, podemos mudar. Se nos culpamos estamos nos vitimando e cristalizando. Alimentando a inércia, que é o contraponto à mudança, escolhemos estagnar, lamentar, adoecer e morrer. Compartilho abaixo o depoimento de uma pessoa que caminha em sua vida com disciplina, busca através de sua atitude individual auxiliar o coletivo e esteve entre nós para mais uma vivência. Que estas palavras possam iluminar a consciência individual de muitas pessoas e nutrir os corações que, em uma caminhada evolucionária, já estão abertos. “Oi Gi, Senti que precisava compartilhar contigo o que aconteceu e esta acontecendo Hoje. Não sei se foi a energia do Espaço Povo em Pé, a energia das pessoas, a conexão com o Ayurveda, … Ver mais…

Participe do Blog: 1 Comentário

Tags:

galáxia

A Luz do Coração Ardente

Escrito em: 23 de Fevereiro de 2015 por Gisele de Menezes

A única coisa que realmente tenho, é a foto metafísica da Luz nos olhos do outro. Quando caminho pelas multidões que se aglomeram em volta de diferentes pontos de atração do Planeta, quando passo despercebida por pessoas que, se me olham é porque pareço diferente e me reconhecem como algo fora, distante, instigante, insignificante; nessas caminhadas, nesses olhares, insights, indiferenças, vejo-me como nada. Volto ao meu mundo, mundo no qual escolho viver e ao escolher ele passa a existir, mundo aonde penso estar segura. Mundo pequeno! Voltar destes passeios é voltar humilde, quão grandiosa é a Terra e sua abundante vida! Quão grandiosos são os mundos nas Galáxias giratórias? Tamanha imensidão incomensurável de Vontade manifesta! Já andei por aí, já tenho para mais de 7 centenas de anos de lembranças. Já sei que me vou sem nada, novamente… Infinitamente? Volto para cá e, extasiada com tanta diversidade, tantos pensamentos, tantos desejos, tantos desafios e tão poucos momentos de Presença; busco silenciar. Busco conhecer-me. Conhecer sem mente, escutar que o coração que bate dentro de meu peito é animado pela mesma Vontade que anima o coração do outro, qualquer outro. Sem parâmetros sociais, culturais ou religiosos, o coração pulsa por vida. … Ver mais…

Participe do Blog: Deixe um comentário

Tags:

  1. Páginas:
  2. 1
  3. 2
  4. 3
  5. 4
  6. 5
  7. 6
  8. 7
  9. ...
  10. 22
  • Etiquetas