Menopausa – a Transformação Real

Escrito em: 12 de Novembro de 2017 por Gisele de Menezes

Vida é a dança espiral que vem do centro, é o giro de trazer de fora e, no mais intrínseco escuro, no fértil interior, transformar para explodir no novo ciclo de Luz – a Transformação Real! Toda a transformação acontece de forma Natural e alinhada com a inteligência criadora, mantenedora e destruidora – é respectivamente Brahma, Vishnu e Shiva. É Sattva, Rajas e Tamas. É positivo, neutro e negativo e assim por diante. Somos alguém sentado na beira do Rio da Vida que flui do sempre Agora, levando o que já não precisamos para o lago do Passado e trazendo da fonte do Futuro, o alimento para o Presente momento. Como em um ovo, quando a casca se rompe com a força que vem de dentro (Futuro), a vida acontece para seguir seu ciclo até a morte e posterior renascimento; por outro lado, se a força vem de fora (Passado), o ovo se quebra e a vida potencial morre precocemente, adormecendo temporariamente. Assim, do sutil para o grosseiro e do grosseiro para o sutil, como em uma espiral de duas vias, na Menopausa – a Transformação Real se dá em giros de espirais dentro de espirais. Mais um ciclo está … Ver mais…

Participe do Blog: 1 Comentário

Tags:

Rede Social – a Folia dos Elementos

Escrito em: 20 de Outubro de 2017 por Gisele de Menezes

Estava ali dando uma volta virtual, brincando de passar a vida ou, vivendo-a como passava e assim respirava. Talvez a respiração, por eu estar distraída, não tivesse o potencial de Prana que poderia ter mas, vivendo, brincando, estava por ali “navegando”. Foi quando escutei ao meu lado um pedido indignado do Sherpa: – Você pode entrar no perfil do “fulano de tal” que preciso ver sobre ele a fim de entrar em um “tal de curso” que gostaria de fazer? E acrescentou – ter um cadastro na rede social é pré requisito, que saco! Tendo escutado o pedido lá fui eu rapidamente digitando o nome da “tal pessoa” e, bem, acredito que o resto desta frase se faz dispensável ao público que quero atingir com este post. Certamente meus leitores já sabem sobre a diversidade de tentações que podemos encontrar dentro da Rede Social e, sendo assim, sigo com o assunto que interessa ao meu propósito nesta comunicação. Quero compartilhar meu entendimento sobre um grande desequilíbrio causador de doenças – a Folia dos Elementos! Os elementos dos quais falarei compõem os cinco grandes elementos, Terra, Água, Fogo, Ar e Éter ou Espaço. Todos importantes e componentes de tudo o que há segundo a Ciência da … Ver mais…

Participe do Blog: Deixe um comentário

Tags:

Reflexões na Terra Hindu

Escrito em: 6 de Abril de 2017 por Gisele de Menezes

Arrumando as anotações em um bloco de notas, aproveitando os deslocamentos pela amada terra hindu, sentindo uma alegria misturada com tristeza, ao que se poderia chamar de um misto de sensações e, vislumbrando a caminhada passada do sábio Ramana Maharish de Tiruvanamalai, encontrei uma em especial. Na terra hindu, desta vez agregada pelo período do mês de janeiro deste ano de 2017, para estudos de Ayurveda com o grupo formado pela escola na qual estou ligada, o papel e a caneta brilharam novamente aos meus olhos. Ao ler as anotações e reflexões encontradas no bloco, fui tomada pela mesma alegria que senti com a inspiração que me oportunizou escrever um livro. Escrevi o livro quando estive na sagrada Índia pela primeira vez nesta vida no ano de 2007. A viagem seguia em direção a Tiruvanamalai no Tamil Nadu, e as reflexões nas quais costumo mergulhar por vezes se intensificaram. A maioria das pessoas dentro do ônibus dormiam, a viagem e os dias na Índia estavam intensos e cansativos. Entretanto eu, em minha bem vinda insônia diurna, encontrava o post não postado que me fazia mergulhar em novas e mais profundas reflexões. Havíamos chegado em Chennai, terra sagrada especialmente por ter sido o local … Ver mais…

Participe do Blog: 1 Comentário

Tags:

Todos os momentos na Teia

Escrito em: 4 de Abril de 2017 por Gisele de Menezes

É preciso soltar o momento, deixar que seja o que é, cada pessoa, cada momento. Cada um tem o “direito” de estar aonde está. Estamos aqui ou ali, porque assim é. Cada um pode, no momento de sua dor ou prazer, decidir sobre as atitudes a serem tomadas em sua própria caminhada. Na caminhada virão momentos bons, agradáveis, momentos de prazer e momentos difíceis, dolorosos e decadentes. O caminhante atento segue na “escolha” ou muda, ele é quem decide. Isso não é bom nem ruim, é somente o momento pelo qual se está passando. Entretanto é importante saber que a cada passo, cada ação, mesmo que não reflitamos sobre, momento a momento está sendo gerada uma reação (re ação, ou seja, retorno da ação). Por outro lado podemos, ao estarmos atentos à reflexão sobre o que está realmente acontecendo pois, tudo está acontecendo ao mesmo Tempo, acordar para a Magia de sermos mestres da Teia. Nossa realidade deixa de ser uma ilusão quando entendemos a Teia. A todo o instante estamos tocando Nela, somos Ela, fazemos parte Dela. Ela está vibrando e tocando todas as outras partes. Fazemos parte deste Todo. Estamos enredados! Temos algumas escolhas livres. Na verdade todas … Ver mais…

Participe do Blog: 1 Comentário

Tags:

De Volta para a Índia 2017

Escrito em: 25 de Dezembro de 2016 por Gisele de Menezes

Por mais que pareça um retorno, como o número mesmo diz, (2+0+1+7 = 10 = 1+0 =1) é um início! Pensando no que poderia deixar escrito para estes dias em que estarei no distante, sagrado e ancestral solo indiano, me demorei por aqui em meio a palavras, sentimentos, pensamentos, impressões e principalmente atenta à oportunidade que todos possuímos de escolher o que queremos imprimir, pensar, sentir – escrever. Refletindo sobre isto ou aquilo e não querendo querer, quase que não escrevo nada, quase que me recolho ao elevado direito de silenciar, quase que transcendo tantos detalhes que me fazem aqui estar e, não resistindo a vontade maior de existir, o que me faz diferente do outro e portanto orgulhosa – escrevo. Nos dias de hoje, em plena quinta dimensão no que diz respeito a comunicação e a facilidade de acessar um teclado ou uma câmera e aparecer, expressar, causar… Não posso deixar de constatar que esta facilidade é uma mostra de nosso poder de pensar e criar, querer e manifestar, plantar e colher e vou escrevendo assustada e atenta pois, diferente do que costumo escrever sobre alimentação, hábitos, meio ambiente e assuntos afins, hoje escrevo sobre mim – escrevendo. Escrevo porque afinal … Ver mais…

Participe do Blog: 7 Comentários

Tags:

  1. Páginas:
  2. 1
  3. 2
  4. 3
  5. 4
  6. 5
  7. 6
  8. 7
  9. ...
  10. 23
  • Etiquetas