Feliz Natal

Escrito em: 19 de Dezembro de 2011 por Gisele de Menezes

Nesta época auspiciosa em que celebramos o nascimento do amado Senhor Jesus, que os corações possam estar em Paz!

Na vida de Jesus, a infinitude e a sublimidade da Consciência Divina que sustenta o universo, estavam plenamente manifestadas, entretanto, o que talvez nos seja particularmente tocante é o modo como Ele viveu e esteve entre as pessoas de seu Tempo.

Humildade e Compaixão por todas as Almas!

Certamente Ele considerava todos como filhos de Deus e lhes tinha a empatia e a compreensão de alguém que compartilhou as experiências humanas e conhecia as batalhas pelas quais temos que passar aqui nesta amada Mãe Terra.

Ao enviar à Terra suas almas, Deus confia que em algum momento da evolução seguiremos o exemplo da Realização do Cristo, vivendo os preceitos universais que iluminam o coração de maneira que também nós possamos reconhecer em nossas almas, e expressar em ações, a Consciência Divina plena de Amor. Essa é a Realização última.

Em ocasiões espiritualmente auspiciosas, abre-se o chamado para o despertar de nossas almas. Eis a oportunidade para o novo nascimento do poder latente do Amor Universal de Deus. Eis a sacralidade do momento – a oportunidade de transformação.

Uma oração em união com a família espiritual tem o poder de transformar nossa própria vida e assim abençoar todos aqueles com quem entramos em contato.

“Despertem dos sonhos de limitações”, exortava Yogananda, “para perceber a vastidão que está em seu interior”. 

Aproveitemos o Natal como um dia reservado para expandirmos a alma na meditação devocional em Deus e em sua consciência Crística Universal onipresente em cada átomo que existe.

Nossa consciência abandona suas limitações egoístas na medida que dirigimos nossa solidariedade aos outros. Seja com ajuda material, seja dispensando nosso tempo ou as dádivas de nossa atenção e solicitude. Em cada esforço que fazemos para preservar a gentileza em nosso coração como Ele o fez, firmamos nosso parentesco com Ele.

E se sentirmos dificuldades seja para seguir ou perdoar, podemos recorrer à Consciência que tudo abarca e que honramos em Jesus Cristo durante o período de Natal.

Que amparados na Consciência do Cristo, possamos nos libertar do confinamento das divisões sociais, nacionais e religiosas. O Sentimento do coração, quando é valorizado, rompe suas fronteiras e se compadece de todos como sua própria família; torna-se impossível excluir quem quer que seja desse Amor.

Que a Consciência expandida seja a Divina dádiva deste Natal!

“Se todos vivessem os ideais exemplificados na vida de Jesus, imbuindo-se de tais qualidades por meio da meditação, um milênio de paz e fraternidade viria a Terra.”
A Bíblia ensina: “Orai sem cessar”; a ciência iogue da Índia nos dá a metodologia efetiva para adorarmos a Deus com a total concentração da mente.
Paramahansa Yogananda, A Yoga de Jesus

Esteja atento irmão, não deixe que nada lhe distraia, mantenha-se limpo, equilibrado, liberto, humilde, compassivo, respeitoso. Valorize todas as formas de vida. Desfrute das ervas, grãos, frutas, flores, verduras, cereais e legumes. Neste período de Festas, tenha em sua mesa um altar de gratidão a vida, orgulhe-se de ter um espaço pacífico nessa abençoada Mãe Terra!

Que haja sempre Paz!

 

Tags:

Um comentário em: Feliz Natal

  1. Rô!: 22:34hs de 24 de Janeiro de 2012

    Querida Gi!
    Lindas e profundas idéias!
    Que possamos ter esta consciência de natal em todos os dias de nossas vidas!!!Que seja sempre natal!!!
    Abraço luminoso!
    Shalom!
    Rô!

    Responder

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado.Campos obrigatórios estão marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

  • Etiquetas