Oração de Swami Dayananda

Escrito em: 30 de Novembro de 2011 por Gisele de Menezes

De nosso último estudo em grupo do ano de 2011, sobre os Yoga Sutras de Patañjali, ficou ecoando em minha Alma o sutra II.16 –

 heyam duhkham anãgatam

As dores que estão por chegar, podem e devem ser evitadas.

“A dor passada se acabou. A dor que estamos em processo de experimentar não se pode evitar, mas sim reduzir até certo ponto, mediante a prática yóguica e o conhecimento discriminador. As dores futuras e desconhecidas podem ser prevenidas observando a disciplina yóguica.” B.K.S. Iyengar

Eu por minha vez, que meditava na melhor atitude para lidar com os movimentos da vida, achei esta oração do Swami Dayananda Saraswati e compartilho, pois tocou meu coração.

“A base para qualquer forma de oração é o próprio reconhecimento de sua impotência. A oração nasce do seu reconhecimento de sua própria impotência e também de sua apreciação de uma fonte de todo poder e todo conhecimento. Com essas duas descobertas a oração é muito natural.

Quando estou impotente busco ajuda de qualquer pessoa de quem possa obter essa ajuda. Quando a impotência é em termos de capacidade de abandonar o meu passado e deixar o futuro acontecer sem estar apreensivo, então nenhuma ajuda de fora, ajuda de alguma pessoa igual a mim, será de grande utilidade. Vou à fonte onde essa ajuda será possível.

Ofereço uma oração ao Senhor, o Senhor que invoco de qualquer maneira que seja, em qualquer forma ou nome. Existem formas diferentes de oração. Uma (1) que é boa para todos e importante para um buscador é esta:”

Ó Senhor, que eu tenha a maturidade de aceitar simplesmente o que não posso mudar, o desejo e o esforço para mudar o que eu posso, e a sabedoria para saber a diferença entre o que posso e o que não posso mudar.
Não posso mudar minha infância, meus pais, todo o meu passado.
O que aconteceu em minha vida eu não posso mudar.
O que aconteceu, aconteceu. Não posso fazer nada.
Quanto ao que aconteceu, não tenho nada a lastimar.
Não tenho razão para estar triste, deprimido ou zangado.
Deixo minha angústia quanto ao que aconteceu.
Aceito simplesmente o que aconteceu em minha vida.
E existem muitas coisas que posso mudar e consertar.
Busco força de vontade e competência para fazer esforços apropriados e adequados para mudar.
Não perco meu tempo tentando mudar o que não posso e aguentando situações que não são saudáveis, as quais posso mudar.
A diferença entre as duas, o que não posso mudar e o que posso, não é fácil de distinguir.
Novamente, é necessário sabedoria, para a qual eu invoco a Graça.
Ó Senhor, possa eu desfrutar e ter a maturidade de aceitar simplesmente o que não posso mudar,
A vontade e o esforço para mudar o que posso,
E a sabedoria para saber a diferença.

Saiba mais:

Tags:

Um comentário em: Oração de Swami Dayananda

  1. DENISE FABIANE KRAMER: 22:35hs de 11 de Novembro de 2017

    oração muito profunda, que nos remete a aceitação e a vida presente, sempre na gratidão. Gi muito grata

    Responder

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado.Campos obrigatórios estão marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

  • Etiquetas