De Onde Vem

Escrito em: 7 de Dezembro de 2013 por Gisele de Menezes

Acredito que tudo o que vem, vem da Fonte. Os canais por onde vem a Única essência é que são diferentes. Sejam as palntas, todo o reino vegetal, vem através da Terra; a Terra é o canal. Os animais igualmente vem através da Terra, mas o que os anima e diferencia vem da Fonte. Assim as inspirações, as criações, os pensamentos, vem de seus respectivos canais, sejam corações, pincéis, mente.

É simples pensar que existem cheiros primordiais, luzes coloridas, sons infinitos, sabores e texturas. A diversidade é interpretada por seres aparelhados com olhos, nariz, pele, boca e ouvidos e a partir daí, todas as experiências e diferenças.

Faz tempo que me fazem uma pergunta e hoje, porque é hoje, respondo! A pergunta é: De onde vem o que você escreve, fala, ensina?

Pois bem, vivo na Natureza. Fui trazida para esse lugar, de outros lugares. Aqui trabalhamos muito, a Mãe é generosa mas muito exigente. Pessoalmente, para escutar a Mãe e seus habitantes, tenho que ter certa conduta que posso explicar em outro momento se houver quem queira saber.

Uma vez mantendo a tal conduta, os pássaros me vem falar o que andam vendo por ai. As aranhas insistem para que eu escreva. Os lagartos me convidam para sonhar e a Lua me faz dormir quando me coloca em contato com meu inconsciente. Não tenho gerência nenhuma sobre meu inconsciente, tenho que ser humilde e relaxar, e isso me faz adormecer. No sono, sou carregada pelos Espíritos da Floresta onde vivo, para conhecer o que não brilha com o avô Sol. Esse é o momento em que aprendo muito.

Quando sento na pedra, sem me preocupar com os habitantes da Floresta, aproxima-se de mim uma linda Senhora que atende por Boa Deusa. Ela me orienta, me acaricia e me encoraja. Ela diz: São os filhos, eles são muito criativos, mas precisam de direcionamento. Eles não me escutam porque fazem muito barulho e estão medrosos. Agora volte para a sua cama e confie, meus mensageiros estarão falando ao seu ouvido, brilhando aos seus olhos, soprando seus cabelos, dando suaves espetadas em sua pele e Eu estarei ali.

É assim, assim é.

2 comentários em: De Onde Vem

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado.Campos obrigatórios estão marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

  • Etiquetas