Sacrifício e a Relação que Estabelecemos

Escrito em: 24 de Maio de 2018 por Gisele de Menezes

Somos livres ou não? Sacrificamos uma vida inteira, nossa saúde, nossas relações, nossa oportunidade de contemplar o belo, de aprender, de evoluir ou nada sacrificamos? O que exatamente é sacrifício e qual a relação que estabelecemos com isso?

Importante termos clareza pois, estamos carregados de conceitos sobre a palavra sacrifício. O termo sacrifício provém do idioma latim, no qual a palavra sacrificium significa “fazer algo sagrado”. Usamos este termo para dizer que as coisas estão sacrificadas em uma determinada situação e sequer paramos para pensar na palavra “sacrifício”.

O que entendermos, assim será pois, ao entendermos criamos um campo psíquico quase concreto e a partir do que acreditamos, norteamos nossa vida e as ações concretas se farão. Se entendermos que tudo o que fazemos estamos fazendo por algo maior e que esta energia da qual dispomos individualmente é sagrada, então estamos a nos sacrificar pela entrega à própria vida como É.

Quando comecei a trilhar nos caminhos dos conhecimentos ancestrais em 2003, e isto fiz sob a orientação iniciática de um xamã siberiano, fui direcionada a “sacrificar” determinadas coisas em troca de aberturas para receber os conhecimentos que estavam sendo revelados naquele momento. Naquela época para mim, a palavra sacrifício tinha o peso de uma cultura difusa entre crenças, religiões, mentiras, perseguições e domínio.

Foi e ainda é um trabalho, uma caminhada ou um sagrado ato – sacrifício, olhar e sentir a relação que estabelecemos diariamente com nossa energia, nossos pensamentos, nossos atos e a maneira como o destino, resultado de todo o exposto, nos mostra se estamos realmente entregando ao Mais Alto, o que Ele nos empresta nesta caminhada.

Sendo assim, quando algumas pessoas perguntam assustadas porque usamos o termo “sacrifício”, para as trocas nos trabalhos xamânicos como a Magia de Cleópatra, respondemos sempre: – Sacrifique algo (seja o valor que se estabelece para o trabalho), e assim abrirá em seu campo, o Sagrado Espaço – vazio – para que algo o preencha.

Entretanto para quem pergunta e também para quem responde, o importante, de acordo com o conhecimento que recebi, é saber qual a energia que vai entrar neste espaço aberto pelo sacrifício estabelecido. O que estamos buscando? Importante para a vida é que seja algo que faça o DNA do indivíduo vibrar em Amor. O entendimento do ato sacrificado estará descansando no lugar da verdade – o coração daquele que sacrifica algo e da relação que estabelece com sua própria ação na vida.

Saiba mais:

Tags:

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado.Campos obrigatórios estão marcados com *

  • Etiquetas