O Segredo da Longevidade

Escrito em: 15 de Junho de 2015 por Gisele de Menezes

Como ser longevo? Como prevenir doenças? Como limpar o fígado? Qual o melhor “detox”? O que comer? Que produto comprar? Que caminho seguir? Que curso fazer? São tantas dúvidas geradas por tanta informação imprecisa, que a maior crise que as pessoas estão enfrentando hoje é sem dúvida a crise da ansiedade.

Vamos entender um pouco mais os males da ansiedade com o auxilio do Ayurveda, para ter alguma chance de recuperar o poder pessoal ainda nesta vida?

Na visão do Ayurveda, a ansiedade é uma crise atribuída ao desequilíbrio do Dosha Vata (Dosha é uma força primordial e substancial sutil na origem das funções fisiológicas e psicológicas. Os Doshas formam o corpo e são, ao mesmo tempo, os fatores causais no processo da doença. O Dosha Vata é constituído pelos elementos Ar + Éter). A presença destes elementos (Ár e Éter), em qualquer e todos os seres vivos, não caracteriza ansiedade, mas o excesso destes elementos, trazendo desequilíbrio à presença dos outros elementos (Fogo, Água e Terra), causará sim a ansiedade e muitas outras doenças atribuídas ao excesso deste Dosha (Vata = Ar + Éter).

Por que o excesso de Ar e Éter causam ansiedade? Pelas características ou atributos destes elementos. São elas (eles): expansão, ausência de limites, movimento errático, leveza, frieza, secura, aspereza, sutileza e inclusive o princípio do pensamento.

Nosso corpo é formado pelos 5 elementos, Ar, Éter, Fogo, Água e Terra.

O elemento Terra nos da forma, limites, chão, sustentação, peso, calma, paciência, maciez, raízes, segurança, memória e outros benefícios como nutrição, força, o princípio do olfato, cheiro e longevidade. O elemento Água nos dá fluidez, umidade, condições de vida, fertilidade, maciez, frescor, suavidade, hidratação, nutrição, o princípio do paladar, gosto, aconchego, prazer, limpidez. O elemento Fogo nos dá calor, luz, foco, cores, o princípio da visão, paixão, a essência da inteligência, do metabolismo e de nossa digestão.

Se os elementos Ar e Éter aumentam no corpo, então nosso chão, sustentação, calma, paciência, estabilidade, força, segurança, memória, nutrição, fluidez, umidade, fertilidade, suavidade, hidratação, longevidade, gosto, prazer, sensação de aconchego, calor, foco, alegria, paixão, inteligência, discernimento, metabolismo, digestão e eliminações, ficam abalados e comprometidos.

Sendo assim, se os elementos Ar e Éter aumentam causando desequilíbrio dos outros elementos, podemos entender a ansiedade e até afirmar que este é apenas o início desta e de outras doenças, pois uma pessoa insegura e desconfortável em seu corpo, seu momento, sua vida, uma pessoa sem alegria, sem rotina, com horários, eliminaçoes e sono perturbados, vai buscar consumir, sem a menor condição de discernimento, tudo o que a ela for oferecido ou qualquer coisa que lhe pareça “confiável”. E é exatamente ai que está o perigo e o grande mal que está se proliferando pelas redes sociais, internet, revistas e televisão e facilmente atingindo as pessoas.

E lá se vai a possibilidade de longevidade!

Uma grande oferta de promessas de longevidade, receitas milagrosas de prevenção e cura de doenças, limpezas mirabolantes de órgãos complexos do corpo, dezenas de dicas de “detox” (que sinceramente soa mal ao meu ouvido, pois lembro do veneno rodox), novas comidas, produtos, caminhos a seguir e o que é ainda mais delicado ao meu ponto de vista, cursos relâmpago de ciências ancestrais.

Muitos ofertas sem embasamento coerente!!!

Podemos encontrar  por exemplo, divulgações de cursos focados em ensinar as pessoas a lidarem com as emoções, sendo que não raro os ministrantes sequer se encontram maduros e equilibrados. Outros cursos arriscam-se e oferecem formar terapeutas, falando de rotinas diárias indicadas nos clássicos do Ayurveda, ao passo que os ministrantes podem ser vistos pelo aluno atento, em bares noturnos tomando cerveja gelada e comendo petiscos feitos sabe-se lá por quem; lembro aqui que dormir cedo, não consumir alcool, não tomar bebidas geladas, cozinhar o próprio alimento com amor e em ambiente calmo, são práticas de rotina diária ayurvédica e no meu entender, uma das maiores dicas de longevidade.

Resta ao aluno, consumidor ou já ansioso, ter o bom senso de verificar se a oferta é coerente com quem está ofertando. Aqui chamo a atenção para o fato de que “cursos superiores” descritos na apresentação dos ministrantes, que não sejam da área da saúde, em nada aumentam a sabedoria ayurvédica, psicológica, emocional ou sutil do mesmo.

E aqui passo a concluir, fazendo um link com o título e pontuando algumas coisas sobre o segredo da longevidade.

Você já se imaginou com uma aparência envelhecida? Com bastante idade?MatusalénÉ mais ou menos assim que você, se tiver sorte, se seguir uma dieta simples, não moderna, não bio-química, não milagrosa, não encapsulada, não fácil, não adicionada nem complementada com artifícios, não congelada, não enlatada, não industrializada, não importada, não cruel nem desumanizada, vai ficar!

Comece a se acostumar com a idéia de que o Natural é termos uma vida longa que vai se esvaindo em frescor, mas com beleza e doçura vai se instalando em todos os seres vivos. Sim, você vai envelhecer e é bom que passe a respeitar essa situação sem gastar sua sagrada energia tentando evitar o inevitável!chega!Comece a cultivar uma mente tranquila, abra mão de tantas informações novas, pare de assistir os mesmos programas condicionadores de padrão comportamental. Assim você estará inovando, parando de engolir tudo o que lhe oferecem. pilulas

E se quiser realmente inovar,  passe a escovar os dentes após raspar sua lingua pela manhã, com a outra mão, saia da cama ao acordar, pelo outro lado, forme uma opnião sobre algo, somente após estar só e deixar que seu coração sussurre em Paz a sua verdade. E se posso lhe sugerir algo mais, receba os anoiteceres com doçura e atitudes de recolhimento, brinde os amanheceres com Gratidão e entusiasmo, contemple a chuva com aceitação, viva o calor com moderação, faça saudações ao frio com sopas de legumes, brinque no vento de touca e vá dormir com um pouco de óleo de gergelim aquecido colocado suavemente no alto de sua cabeça e também na sola dos pés.

Ah, sempre gosto de lembrar que muita televisão acaba por fazer de você uma pessoa sem Atenção ao que é Verdadeiro e essencial à longa vida!

AUM!

Saiba mais:

Tags:

Um comentário em: O Segredo da Longevidade

  1. pedro luiz ribeiro: 21:15hs de 5 de Fevereiro de 2016

    gostei, me ajudem mais, grato.
    telefone 15 997952799

    pedro luiz

    Responder

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado.Campos obrigatórios estão marcados com *

  • Etiquetas